imagem: 
renner_img

Mensagem do Presidente


José Galló destaca o comprometimento da Lojas Renner com resultados sociais e ambientais, que devem acompanhar o desempenho econômico.


GRI 1.1


A Lojas Renner tem acelerado os investimentos na gestão da sustentabilidade. Prova disso é a publicação do primeiro relatório de sustentabilidade em 2010. Nesse sentido, qual é a avaliação de 2011?

A implantação da sustentabilidade é um caminho longo que envolve toda a Companhia. Estamos trabalhando para que temas relacionados ao desempenho econômico, social e ambiental façam parte da gestão de nosso negócio com equilíbrio. Dentro deste processo, a publicação do primeiro relatório de sustentabilidade e a continuidade desse relato em 2011 é um marco para a Lojas Renner. Conseguimos reunir e quantificar nossos pontos fortes e enxergar as oportunidades de melhoria dentro da gestão da sustentabilidade. No que tange o público interno, por exemplo, queremos avançar em áreas desafiadoras para o setor, como o turnover, e aprimorar o que fazemos bem, como o treinamento, desenvolvimento e a valorização de pessoas, bem como a manutenção de nossa cultura empresarial.

Como a gestão da sustentabilidade é aplicada aos negócios?

A Lojas Renner passa por um momento de grande expansão. Nossa meta é garantir que o investimento em novas unidades caminhe lado a lado com ações que contemplem todos os aspectos da sustentabilidade. Nos últimos anos, ampliamos nossa atuação no sentido de promover uma gestão ética e transparente, minimizar impactos ambientais decorrentes de nossas operações e apoiar o desenvolvimento das comunidades nas quais estamos inseridos. Queremos que a gestão sustentável faça parte de um novo capítulo na história da Companhia. Já avançamos muito. Alguns exemplos importantes são o Programa de Gestão de Resíduos Sólidos e a gestão de nossos fornecedores, que são monitorados constantemente, como parte do nosso compromisso de combater o trabalho escravo e infantil e garantir condições adequadas a todos os envolvidos na cadeia de produção. Nos próximos dois anos investiremos mais de R$ 1 milhão no Programa de Estruturação da Gestão de Fornecedores, que inclui monitoramento de desempenho e de riscos das empresas contratadas, além de ações para estimular o desenvolvimento continuo dessas empresas.

De que forma o Instituto Lojas Renner integra essa estratégia?

O Instituto Lojas Renner tem como objetivo prioritário profissionalizar mulheres excluídas do mercado de trabalho. Todos os anos fazemos uma grande seleção, recebemos projetos de organizações da sociedade civil de todos os estados onde temos loja e escolhemos os melhores entre os que podem ser gerenciados. Queremos ter certeza de que, ao aplicarmos o recurso, o objetivo esteja sendo alcançado. Hoje, o Instituto também está mais próximo do negócio por meio do Projeto Escola de Costura, em que as costureiras são capacitadas para formarem a mão de obra dos fornecedores da Companhia. Além desse trabalho, promovemos também o desenvolvimento local por meio do trabalho voluntário e formamos jovens em situação de vulnerabilidade social para que possam integrar a equipe de colaboradores da Lojas Renner.

O cenário macroeconômico indica um momento de cautela. Isso pode impactar no planejamento de expansão da Lojas Renner?

Uma empresa que tenha diferenciais importantes poderá se manter competitiva também em um momento de crise. Porque a crise é algo depurador. Quem não é competente não resiste. A Lojas Renner se sente preparada para enfrentar este momento de instabilidade, mas está atenta e pode mudar o rumo caso haja necessidade.

Como a Companhia vem acompanhando o impacto ambiental de suas operações?

O destaque é o Programa de Gestão de Resíduos Sólidos, que em 2011 foi estendido a todas as lojas e aos dois centros de distribuição. Mas ainda há pontos de atenção, como as sacolas plásticas. Atualmente, há leis estaduais diferentes, que muitas vezes não se baseiam em soluções técnicas. Acreditamos que é preciso uma mobilização junto ao governo federal para que se encontre uma solução sustentável e global. Enquanto isso, oferecemos modelos biodegradáveis, oxibiodegradáveis e de papel.

Como a Companhia atua para que a gestão da sustentabilidade seja aplicada no dia a dia?

Investimos em nossos profissionais, por meio de treinamentos e, principalmente, na perpetuação da cultura da Lojas Renner, que é um dos nossos principais diferenciais. Os valores e princípios não estão apenas escritos na parede, eles são praticados. Trabalhamos constantemente para que os colaboradores se identifiquem com nossos valores e para que eles cresçam conosco. Esse tema é tão importante que para desligar um colaborador com mais de cinco anos de casa é preciso a minha assinatura. É uma forma de mostrarmos que é preciso investir nos colaboradores e mantê-los motivados. Se ele esteve conosco por todo esse tempo, é preciso um motivo consistente para justificar a saída. A ética, a transparência e o sentido de justiça também são princípios e valores importantes para a Companhia.


    José Galló
    Diretor-Presidente

   

SUBIR TOP